VI Oficina de Iniciação à Observação de Aves

Data: 24/09/2016 (sábado)

Horário: 08:00 às 12:00 e das 13:30 às 17:30 h

Local: Jardim Botânico - Porto Alegre

Vagas: 30 pessoas

Público alvo: qualquer pessoa que tenha interesse em conhecer mais sobre as aves do Rio Grande do Sul e que queira saber como observá-las. Não há limitação de idade ou grau de instrução.

Leia mais...

Saída para Parque Estadual do Turvo – Derrubadas - RS

Data: 17 a 20 de setembro de 2016. 

Ponto de encontro: ponto de encontro será no Balneário Martens. GEOTAG -27.250539, -53.908611 . Sugerimos sair de Porto Alegre às 7h de sábado, para chegada no destino até as 18h. (http://www.balneariomartens.com.br/)

Vagas: 20 pessoas.

Transporte: carros particulares (rateio dos custos entre os ocupantes dos veículos).

Alojamento: São cabanas com dois quartos, cada um com duas camas. Algumas cabanas possuem fogão, geladeira e utensílios. Levar roupa de cama, cobertor e toalhas.

Alimentação:

Estão inclusos no valor da saída, 3 jantas e três pernoites (17,18 e 19), dois cafés com direito a fazer um Sanduíche para os almoços de 18 e 19, um café normal dia 20 de setembro.

Atividades:

Serão realizadas trilhas na área do porto do barquinho e na área das quedas do Yucumã, no Rio Uruguai. São áreas com floresta na maior parte. Prevista também corujada noturna.

Leia mais...

A costumeira caminhada para observação de aves no Jardim Botânico iniciou às 8h10min, com a presença de cinco participantes. Logo chegaram mais quatro para se juntar ao grupo. A atividade se estendeu até às 9h, com céu nublado e alguns períodos de garoa fraca durante a observação. Foram observadas 32 espécies (lista completa no relatório), um bom número, considerando as condições do tempo. Como no mês anterior, foram registradas duas espécies consideradas migrantes de curta distância, uma de inverno, o gaturmo-rei (Euphonia cyanocephala, casal), e outra de verão, o besourinho-de-bico-vermelho (Chlorostolbon lucidus). Fato curioso, que chamou muito a atenção dos observadores ao final da caminhada, foi uma briga entre dois indivíduos de joão-de-barro (Furnarius rufus). As aves ficaram, pelo menos, 10 minutos no chão com as patas entrelaçadas. Um terceiro indivíduo (fêmea?) ficava observando a disputa de perto. Mais uma vez registramos o beija-flor-de-fronte-violeta (Thalurania glaucopis, fêmea), uma espécie pouco comum no Jardim Botânico.

Para baixar o relatório completo, clique aqui.